Notícias

//
https://www.canoas.rs.gov.br/wp-content/uploads/2024/05/Reduzidas_28_05_2024_MULTIRAO_DO_CAD_UNICO_Guilherme_Pereira-22.jpg

Central do CadÚnico atende 1500 pessoas por dia

Mutirão Cad Unico
Download Imagem Original

Foto: Guilherme Pereira

A Central de Atendimento do CadÚnico conta com 40 cadastradores para atender a população. São distribuídas 1.500 mil fichas de atendimento por dia. No feriado de Corpus Christi, na quinta-feira (30), e no final de semana serão distribuídas 1.000 fichas. Os profissionais fazem a triagem com as pessoas que buscarem o serviço, orientando quem pode ser beneficiado ou não pelos programas sociais.

Após inserir as informações da família no Cadastro Único, os dados são analisados pelo Governo Federal, que verifica a veracidade das informações. O Governo Federal indica um prazo médio de 45 dias para essa etapa.

“O CadÚnico é realizado de forma presencial, porque é autodeclaratório, sendo exigência do Governo Federal. A pessoa faz a sua autodeclaração, preenche o Cadastro Único e atesta os seus dados para o atendente. Se não tiver com seus documentos, pode fazer o CadÚnico, jutamente por ser autodeclaratório’, esclarece o secretário adjunto de Proteção Básica e Especial, Saulo Gil.

A moradora do bairro Mathias Velho Alessandra Moraes Lord chegou cedo  nesta terça-feira (28) para ser atendida. “Cheguei em torno das 7h, e a fila não estava tão demorada. O atendimento foi tranquilo e me senti acolhida”, relatou .

Sobre o CadÚnico
Quem pode se inscrever no CadÚnico são as famílias com renda mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 706,00) e que tenham renda mensal familiar total de até três salários mínimos (R$4.236,00). Não é possível realizar esse cadastro de forma online, pois o Governo Federal exige a inscrição seja feita presencialmente.

Todos os que estavam inscritos no CadÚnico até o início da enchente não precisam fazer a atualização, já que a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) repassou os dados dessas famílias ao Governo do Estado, para que sejam beneficiadas pelos programas lançados.

A atualização do Cadastro Único (CadÚnico) não está acontecendo neste momento por suspensão do Governo Federal.

Confira os programas anunciados para os atingidos pela enchente e quem pode ser beneficiado:

Volta por Cima
O Governo do Estado disponibiliza em parcela única de R$ 2.500,00 para famílias em vulnerabilidade social extrema, com renda mensal per capita (por pessoa) de até R$ 218,00.

PIX SOS Rio Grande do Sul
Para ser contemplada, a família não pode ter renda superior a três salários mínimos (R$ 4.236,00) nem ter sido beneficiada pelo programa Volta Por Cima. O Governo do Estado destinará R$ 2 mil por família afetada.

CRAS foram atingidos
Todos os cinco Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) do município foram afetados pelas enchentes que atingiram Canoas em maio. Os atendimentos eram feitos, temporariamente, na sede daSMAS e na EMEF Erna Würth. Neste momento, os atendimentos estão na Central de Atendimento do CadÚnico.

Escritório de Comunicação

[addtoany]