Notícias

//
https://www.canoas.rs.gov.br/wp-content/uploads/2023/03/sub-foto-brasao-prefa-portal.png

Eclima monitora níveis dos rios e acumulados de chuva

Download Imagem Original

Foto: Divulgação/PMC

Os acumulados de chuva e o nível dos rios continuam recebendo atenção da Defesa Civil. De acordo com o Escritório de Resiliência Climática de Canoas (Eclima), entre a sexta-feira passada (10) e o fim da tarde desta segunda-feira (13) foram registrados 132,9 milímetros (mm) de chuva. Desde o início do mês e até as 17 h desta segunda, Canoas já somou o total de 310,2 mm de chuva — quase o triplo da média histórica de maio, que é de 112,8 mm.

A previsão meteorológica para esta terça-feira (14) é de tempo firme, com amplas aberturas de sol. Uma massa de ar seco e frio garante essa condição climática e reduz significativamente a temperatura.

O Eclima também está atento às condições dos níveis dos rios, que, por sua vez, causam reflexos no município. O Rio do Sinos seguia em alta no fim da tarde de hoje, com 6,07 metros em São Leopoldo — a cota de inundação é de 4,5m. O Guaíba, que também é parâmetro para Canoas, estava com 5,01 metros, diante da cota de 3 metros. O Rio Gravataí estava em 5,86 metros – a marca é de de 4,75m para começar a sair do leito no município que dá nome ao rio. Os volumes nos respectivos locais de medição correspondem ao horário das 18h de hoje.

Segundo a Defesa Civil, o pedido de evacuação em virtude da enchente permanece vigente para os moradores do bairro Niterói e da parte do lado Oeste, nas regiões do Mathias Velho, Rio Branco, Fátima, Mato Grande, Harmonia e São Luís.

[addtoany]