Notícias

//
https://www.canoas.rs.gov.br/wp-content/uploads/2024/05/Reduzidas_29_04_2024_CHUVA_CENTRO_Guilherme_Pereira-11.jpg

Maio registra chuvas quatro vezes superior a média para o mês

Chuvas centro Canoas
Em 29 dias de maio, Canoas teve o registro de 488,1 milímetros de precipitações
Download Imagem Original

Foto: Guilherme Pereira

Os expressivos volumes de chuva registrados ao longo de maio, em parte responsáveis pela maior catástrofe climática que atingiu Canoas, foram quatro vezes maiores do que a média histórica para o mês. De acordo com o Escritório de Resiliência Climática e Defesa Civil de Canoas (Eclima), entre os dias 1º e 29 de maio foram contabilizados 488,1 milímetros de precipitações. Em condições normais, o quinto mês do ano costuma registrar, em média, 112,8 mm. Os prognósticos da meteorologia para os próximos dias não indicam mais risco de chuva até sexta-feira (31).

Segundo o Eclima, o dia mais chuvoso de maio ocorreu em 23 de maio, a quinta-feira em que se atingiu a marca de 109,5 milímetros em 24 horas. As fortes pancadas resultaram em diversos transtornos, especialmente alagamentos e inundações na região do bairro Niterói, no lado Leste.

Em abril, as chuvas também caíram de modo acima do habitual. Igualmente, o acumulado foi muito superior para o mês. Ao longo dos 30 dias foram exatos 360,3 milímetros — mais que o triplo da média histórica de 114,4 milímetros. Na última terça-feira de abril (30), as estações do Eclima registraram 153 milímetros de chuva em 24 horas, o que representa a maior incidência já registrada no município. Esse tipo de medição já ocorre na cidade há cerca de oito anos.

Escritório de Comunicação

[addtoany]