Notícias

//
https://www.canoas.rs.gov.br/wp-content/uploads/2023/06/Reduzidas__23_06_23_CULTURA_VIVA_Guilherme_Pereira-66.jpg

Pagamentos da Lei Paulo Gustavo estão garantidos para janeiro de 2024

Download Imagem Original

Foto: Guilherme Pereira

As despesas referentes aos três editais da Lei Paulo Gustavo lançados em 2023, pela Secretaria da Cultura, estão empenhadas pela Secretaria da Fazenda, garantindo o pagamento dos artistas contemplados até o final de janeiro de 2024. A informação é da secretária interina de Cultura, Márcia Ferrer.

Ainda conforme a secretária, os processos de pagamento serão abertos em janeiro de 2024. “Nós vamos abrir um plantão para auxiliar na abertura dos processos, que é feita via Sistema Eletrônico de Informações (SEI). Os contemplados receberão orientações por e-mail”, afirma.

Um dos editais é o Mérito Cultural Canoense, que prevê 40 premiações de 4 mil reais a pessoas que tenham prestado relevante contribuição ao desenvolvimento artístico ou cultural do Município. Outro edital, o Propostas Artísticas, contemplou mais de 20 artistas e grupos que enviaram projetos. Já o edital Propostas de Audiovisual contemplou 22 artistas.

Lei Paulo Gustavo

Sancionada em 2022, a Lei Paulo Gustavo (Lei Complementar nº 195, de 08 de julho de 2022) prevê o repasse federal de R$ 3,862 bilhões a estados e municípios. O orçamento deve ser aplicado em ações para combater e mitigar os efeitos da pandemia da Covid-19 sobre o setor cultural.