Notícias

//
https://www.canoas.rs.gov.br/wp-content/uploads/2023/01/10-01-REDUZIDAS-CADUNICO-MOVEL-GABRIEL-ABREU_-43.jpg

Prefeitura abre, nesta segunda-feira (27), Central de Atendimento do CadÚnico

Espaço vai atender os canoenses aptos a realizar o Cadastro Único. Quem já estava inscrito no CadÚnico, não precisa fazer atualização
Download Imagem Original

Foto: Gabriel Abreu

Nesta segunda-feira (27), a Prefeitura de Canoas abre a Central de Atendimento do CadÚnico. O espaço, localizado na Rua Siqueira Campos, 38, atenderá, das 8h às 18h, os canoenses aptos a realizar o Cadastro Único (CadÚnico).  

Podem se inscrever no CadÚnico as famílias que possuem renda mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 706,00) e tenham renda mensal familiar total de até três salários mínimos (R$4.236,00). Não é possível realizar esse cadastro de forma online, pois o Governo Federal exige a inscrição seja feita presencialmente.

Todos que estavam inscritos no CadÚnico até o início da enchente não precisam fazer a atualização, já que a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) repassou os dados dessas famílias ao Governo do Estado, para que sejam beneficiadas pelos programas lançados.

O novo espaço contará com 40 cadastradores, que irão atender a população. Serão distribuídas 1,5 mil fichas por dia. Profissionais também farão a triagem com as pessoas que buscarem o serviço, orientando quem pode ser beneficiado ou não pelos programas. Após inserir as informações da família no Cadastro Único, todos os dados são analisados pelo Governo Federal, para ser verificada a veracidade das informações. O Governo Federal indica um prazo médio de 45 dias entre a análise das informações e a liberação dos benefícios.

Confira quais são os programas já anunciados para os atingidos pela enchente e quem pode ser beneficiado:

Volta por Cima
O Governo do Estado disponibilizará uma única parcela de R$ 2.500,00 para famílias em vulnerabilidade social extrema, com renda mensal per capita (por pessoa) de até R$ 218,00.

PIX SOS Rio Grande do Sul
Para ser contemplada, a família não pode ter renda superior a três salários mínimos (R$ 4.236,00), nem ter sido beneficiada pelo programa Volta Por Cima. O Governo do Estado destinará R$ 2 mil por família afetada.

Todas as famílias registradas no CadÚnico com esses perfis já foram cadastradas pela Secretaria de Assistência Social de Canoas. Se alguma pessoa inserida nesses critérios não tenha Cadastro Único, deve procurar a Central de Atendimento. Cada família só pode receber um dos benefícios.

CRAS foram atingidos

Todos os cinco Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) do município foram afetados pelas fortes chuvas e a enchente que atingiram Canoas durante o mês de maio. Os atendimentos estavam sendo feitos, temporariamente, na sede da SMAS e na EMEF Erna Würth. 

Escritório de Comunicação

[addtoany]