Notícias

//
https://www.canoas.rs.gov.br/wp-content/uploads/2024/04/03_07_2023-SOL-1.jpg

Semana terá máximas na casa dos 30ºC em Canoas

Dias de calor antecedem a volta da chuva no final de semana
Download Imagem Original

Foto: Gustavo Garbino

O sol predomina nos próximos dias nesta semana no município. De acordo com o Escritório de Resiliência Climática (Eclima) de Canoas, o tempo bom e firme eleva a temperatura, de quarta (12) a sexta-feira (14), com máximas chegando à casa dos 30°C.

Previsão para os próximos dias:

Terça-feira (11): o dia será mais ameno com vento soprando do Sul/Sudeste e presença de muitas nuvens. Previsão não indica chuva, apenas muita umidade. Mínima de 15°C e máxima de 23°C.

Quarta-feira (12): o sol predomina no município e o vento volta a soprar de Norte, com previsão de abafamento. A temperatura volta a subir novamente. Mínima de 15°C e máxima de 30° C.

Quinta-feira (13): o dia será ensolarado e novamente quente, com previsão de máximas ao redor de 30°C. O vento predomina fraco com rajadas moderadas de Norte. Mínima de 17°C e máxima de 30°C.

Sexta-feira (14): mais um dia de sol e temperatura alta. A máxima irá passar de 30°C à tarde na cidade. O dia será ventoso, com rajadas moderadas ao redor de 50 km/h do quadrante Norte. Mínima de 19°C e máxima de 31° C.

Volta da chuva
Segundo o Eclima, o final de semana será marcado pelo retorno das chuvas em Canoas. No sábado (15), o sol aparece pela manhã com previsão de abafamento desde as primeiras horas. A partir da tarde, a instabilidade retorna e não se afasta eventos de forte intensidade de forma isolada. Mínima de 20°C e máxima de 25° C.

No domingo (16), o tempo fica instável com chuva a qualquer momento. Segundo os prognósticos dos institutos de meteorologia, as precipitações podem ser fortes e o volume pode chegar a 75mm. A temperatura oscila pouco, com mínima, de 18ºC, e a máxima pode chegar aos 21ºC.

O Eclima monitora a frente fria que será a responsável pela volta das chuvas, com precipitações mais representativas previstas entre sábado (15) e terça-feira (18). Os modelos dos institutos de meteorologia divergem bastante, entretanto, os volumes nesse período devem ser significativos.

Texto: Fábio Radke
Edição: Escritório de Comunicação

[addtoany]