Notícias

//
https://www.canoas.rs.gov.br/wp-content/uploads/2021/11/bibliotecamatheustomaz.jpg

Canoas promove Mesa Redonda para discutir missões das Bibliotecas Públicas

Download Imagem Original

Foto: Arquivo PMC

Nesta quarta-feira (26), a Prefeitura de Canoas recebe o evento “Mesa-Redonda: Os desafios para implantação dos princípios do Manifesto IFLA/Unesco 2022 nas Bibliotecas Públicas”.  A atividade acontece no Auditório Sady Schwitz, na sede da Prefeitura, às 16h. As inscrições para participação podem ser feitas através deste link.

O objetivo da ação é discutir as missões das Bibliotecas Públicas, de acordo com o Manifesto. A conversa terá como mediadora a bibliotecária do Instituto Cervantes de Porto Alegre, Iara Breda de Azeredo. Participam da mesa de debate a Diretora da Biblioteca Pública do Estado, Morgana Marcon e a Bibliotecária da Biblioteca Pública Rui Barbosa de Esteio, Mara Franke.

O evento é destinado a bibliotecários, alunos de graduação/pós-graduação, servidores públicos, professores e demais interessados. A atividade é promovida em parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura, o Instituto Cervantes e o Conselho Regional de Biblioteconomia da 10ª Região.

Serviço

O que: Mesa-Redonda: Os desafios para implantação dos princípios do Manifesto IFLA/Unesco 2022 nas Bibliotecas Públicas
Data: 26/10/2022
Horário: 16h
Local: Auditório Sady Schwitz, Rua Quinze de Janeiro, 11, Centro

Conheça as Missões das Bibliotecas Públicas segundo o Manifesto IFLA/Unesco

*Proporcionar o acesso a uma ampla gama de informações e ideias livres de censura, apoiando a educação formal e informal em todos os níveis, bem como a aprendizagem ao longo da vida permitindo a busca contínua, voluntária e auto-conduzida do conhecimento para as pessoas em todas as fases da vida.

*Proporcionar oportunidades para o desenvolvimento criativo pessoal e estimular a imaginação, criatividade, curiosidade e empatia.

*Criar e fortalecer hábitos de leitura nas crianças desde o nascimento até a idade adulta.

*Iniciar, apoiar e participar de atividades e programas de alfabetização para desenvolver habilidades de leitura e escrita; e facilitar o desenvolvimento de habilidades de educação midiática e informacional e competência digital para todas as pessoas em todas as idades, no intuito de consolidar uma sociedade informada e democrática.

*Prestar serviços às suas comunidades de forma presencial e remota por meio de tecnologias digitais que permitem o acesso a informações, coleções e programas sempre que possível.

*Garantir o acesso de todas as pessoas a todo o tipo de informação comunitária e oportunidades de organização comunitária, em reconhecimento do papel da biblioteca no centro do tecido social.

*Proporcionar às suas comunidades o acesso ao conhecimento científico, como resultados de pesquisas e informações de saúde que possam impactar a vida de seus usuários, além de possibilitar a participação no progresso científico.

*Prestar serviços de informação adequados a empresas, associações e grupos de interesse locais.

*Preservar e dar acesso a dados, conhecimento e patrimônio local e indígena (incluindo a tradição oral), proporcionando um ambiente no qual a comunidade local possa ter um papel ativo na identificação de materiais a serem gravados, preservados e compartilhados, de acordo com os desejos da comunidade.

*Fomentar o diálogo intercultural e favorecer a diversidade cultural.

*Promover a preservação e o acesso significativo às expressões culturais e ao patrimônio, a valorização das artes, o acesso aberto ao conhecimento científico, à pesquisa e às inovações, expressas na mídia tradicional, bem como ao material digitalizado e nato digital.

Escritório de Comunicação PMC